Bem-vindo à página da Embaixada de Portugal no Luxemburgo

001 portugal web 800 thumb© Cour grand-ducale / tous droits réservés

 Apresentação das cartas credenciais de S.Exa. o Embaixador de Portugal no Luxemburgo, António Gamito, a Sua Alteza Real o Grão Duque do Luxemburgo, no dia 21 de novembro de 2018.

Mais notíciasNotícias

embaixadorantoniogamito

“Dia 5 de Maio é o Dia Mundial da Língua Portuguesa, mas é igualmente Dia da Língua Portuguesa na CPLP e estamos ainda durante a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia”, recordou António Gamito, em entrevista ao BOM DIA a propósito das comemorações desta data no Luxemburgo.

 

O diplomata vê também as comemorações deste dia como uma forma de afirmação nacional para as comunidades portuguesas e nomeadamente para os portugueses no Luxemburgo. “A importância da CPLP e da língua pode também medir-se pelo número de observadores da organização que não são lusófonos”, explicou, recordando que o Luxemburgo também tem esse estatuto na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Além deste assunto, António Gamito abordou em entrevista exclusiva ao BOM DIA questões ligadas à Presidência da UE. O diplomata lamenta que a pandemia não tenha permitido realizar as ações que estavam previstas mas elencou uma série de reuniões e encontros que foi tendo com as autoridades luxemburguesas e com outras forças vivas do país. “Temos de recuperar a parte social na Europa. Há que. manter o modelo social europeu, incluindo nele o futuro dos novos empregos”, defendeu Gamito, que assim resume alguns dos desafios da União Europeia e, consequentemente, da presidência lusa.

A conferência que tem lugar no Porto vai “recolher recomendações que podem ser aproveitadas no dia seguinte, no Conselho Europeu que podem, ou não, levar a uma declaração política que vai mais longe do que a de Gotemburgo”, explicou o diplomata. Para o Embaixador de Portugal no Luxemburgo, esta é a oportunidade de dar um “enorme passo para a coesão social”.

António Gamito abordou ainda questões relacionadas com a comunidade portuguesa no Luxemburgo, tais como o ensino de português, o movimento associativo, a participação política dos portugueses e os serviços consulares. Neste contexto, o diplomata declarou que o atendimento melhorou, também graças ao centro de atendimento criado em Portugal, e que permitiu “libertar recursos e atender as chamadas”.

O diplomata lamentou que a crise tenha afetado uma boa parte da população portuguesa no Luxemburgo, sobretudo aquelas pessoas que estão em “situação irregular. Para certas pessoas a situação ainda vai piorar”, teme o embaixador. “O custo de vida no Luxemburgo é altíssimo, sobretudo a nível imobiliário, o que torna a vida muito difícil para o estrato mais baixo da população portuguesa aqui que agora não consegue poupar”, descreve António Gamito. “Há um risco acrescido de portugueses caírem em situação de pobreza”, lamenta, fazendo um apelo: nas condições atuais, “não tenham vergonha de regressar a Portugal”.

Veja aqui a entrevista completa: 

 

Entrevista e foto: "bomdia.lu"

 

1.  Todos os viajantes de nacionalidade portuguesa com destino ao Luxemburgo por via aérea, com mais de 6 anos de idade, deverão ser portadores de teste RT-PCR ao Covid-19 ou teste antigénio, com resultado negativo, realizado nas 72 horas anteriores à partida, podendo ser submetidos a testes adicionais à chegada se provenientes de fora do espaço Schengen. O relatório do teste tem que estar escrito em português, inglês, francês, alemão, luxemburguês, espanhol ou italiano. Os viajantes com mais de 24 meses de idade provenientes do Luxemburgo com destino a Portugal, por qualquer via, deverão ser portadores de teste RT-PCR ao Covid-19, com resultado negativo, realizado nas 72 horas anteriores à partida. Os cidadãos nacionais que desejem deslocar-se entre Portugal e o Luxemburgo por via ferroviária ou rodoviária devem ser portadores de teste RT-PCR ao Covid-19, com resultado negativo, realizado nas 72 horas anteriores à partida e deverão informar-se previamente no Portal das Comunidades Portuguesas bem como através das Embaixadas/Consulados das condições em cada momento exigidas por Espanha e por França para o efeito. Os cidadãos nacionais em trânsito com dificuldades em regressar a território nacional, poderão contactar o Gabinete de Emergência Consular (GEC) do Ministério dos Negócios Estrangeiros, através dos telefones +351 217 929 714 e +351 961 706 472 e do e-mail gec@mne.pt, que funciona 24 horas por dia durante todo o ano.

2.  O Governo do Grão-Ducado tem em vigor medidas restritivas para combater a propagação do Covid-19 pelo menos até 12 de junho de 2021. Foram tomadas diversas medidas de confinamento parcial, reforçando as restrições de movimento e as penalizações para pessoas individuas ou colectivas que não as cumpram. Estão actualmente em vigor as seguintes restrições:

i) imposição do recolher obrigatório entre as 23:00h e as 6:00h (é proibido andar na rua sem justificação nesse período). A partir de 16 de maio o recolher obrigatório inicia-se às 00:00h;

ii) uso obrigatório de máscara e de distanciamento social de dois metros em todos os espaços fechados de utilização pública (exemplos: comércios e supermercados), assim como no exterior quando não for assegurado o referido espaçamento, bem como em algumas ruas definidas pelos municípios;

iii) em todas as reuniões públicas ou privadas, no interior ou exterior, com 4 ou mais pessoas, os seus participantes têm que usar obrigatoriamente máscara e manter o distanciamento social de dois metros;

iv) apenas um máximo de 2 pessoas, desde que do mesmo agregado familiar, para além dos seus habitantes, é autorizado a permanecer em casas particulares, devendo ali salvaguardar o distanciamento social e utilizar máscara nas deslocações no seu interior. Recomenda-se que não se consumam comidas ou bebidas com pessoas que não integrem o agregado familiar. A partir de 16 de maio o limite sobe para 4 pessoas, podendo ser maior desde que todas as pessoas vivam no mesmo agregado familiar;

v) cafés, bares e restaurantes estão parcialmente encerrados, podendo apenas funcionar as esplanadas, ou em regime de take-away e de entrega ao domicílio. A partir de 16 de maio poderão funcionar no interior, para clientes portadores de teste ao Covid-19, com resultado negativo, numa das seguintes modalidades: teste PCR com 72 horas; teste antigénio com 24 horas; teste rápido in loco;

vi) é proibido o consumo de bebidas alcoólicas em público;

vii) salões de beleza, cabeleireiros e afins funcionam com marcação prévia;

viii) são autorizadas visitas a museus, bibliotecas, arquivos, galerias de arte, teatros e cinemas dentro de determinadas condições e no cumprimento dos gestos-barreira;

ix) as atividades desportivas em recintos fechados são permitidas dentro de determinadas condições; ao ar livre aceitam-se apenas grupos do mesmo agregado familiar; o desporto profissional é permitido, mas com público apenas a partir de 16 de maio e mediante protocolo sanitário entre as federações e a Direcção-Geral de Saúde;

x) as concentrações com mais de 10 e até 100 pessoas, no interior ou exterior, passam a ser proibidas, com as seguintes exceções: liberdade de manifestação; realização de mercados semanais; funerais e missas, mas desde que as pessoas estejam sentadas e utilizem máscaras e cumpram o distanciamento social de dois metros.

3.  As pessoas com testes positivos têm a obrigação de informar as autoridades sanitárias (linha de saúde +352 24 76 55 33) do seu estado de saúde e isolar-se por um período de 10 dias a partir do início dos sintomas, ficando em casa, não sendo autorizadas a sair. Após o período de isolamento, deve repetir o teste e, se negativo, pode retomar as suas atividades. A pessoa infetada deve ainda informar as autoridades de saúde das pessoas com quem contactou através do formulário online https://covid19.public.lu/fr/personne-contact-poisitive.html.

4.  As pessoas que tiveram contacto (mais de 15 minutos) com uma pessoa infetada serão colocadas em quarentena, devendo ficar em casa durante 7 dias, devendo preencher o referido formulário para receber uma receita médica a fim de serem testadas ao 6º dia. Tanto o desrespeito do isolamento como o da quarentena são punidos com pesadas multas. O confinamento torna-se obrigatório caso a pessoa infetada não cumpra voluntariamente ou viole as regras referidas. Recorda-se que as autoridades portuguesas, em caso de se confirmar a infeção por coronavírus de um cidadão português no Luxemburgo, não poderão interferir nas medidas de saúde pública adotadas por este país para controlar a propagação do Covid-19. Perante a fluidez da situação de saúde pública no Luxemburgo, estas autoridades sanitárias poderão adotar a todo o tempo e sem pré-aviso outras medidas, pelo que se recomenda a consulta ao portal do Ministério da Saúde https://msan.gouvernement.lu/fr/actualites.html

 

Celebração dos Mundos da Lusofonia.

 Exposição de Pintura

Universidade do Luxemburgo, 5 de maio de 2021

mundos da lusofonia foto inicial abertura da exposicao mundos da lusofonia pelo embaixador antonio gamito

Abertura da exposição Mundos da Lusofonia pelo Embaixador Antonio Gamito

 

mundos da lusofonia 1 pintura de abertura da exposicao

Pintura de abertura da exposição

 

mundos da lusofonia 2segmento de cabo verde

Segmento de Cabo-Verde

 

mundos da lusofonia 3 segmento luso brasileiro

Segmento Luso-Brasileiro

 

mundos da lusofonia 4 segmento da guine bissau

Segmento da Guiné-Bissau

 

mundos da lusofonia 5 segmento de angola

Segmento de Angola

 

mundos da lusofonia 6 segmento de s.tome e principe

Segmento de S. Tome e Príncipe

 

mundos da lusofonia 7 segmento de timor leste

Segmento de Timor-Leste

 

mundos da lusofonia 8 ruy cinatti

Ruy Cinatti

 

mundos da lusofonia 9 segmento de mocambique

Segmento de Moçambique

 

mundos da lusofonia 10 fotografia do embaixador com os borderlovers e pintores associados

Fotografia do Embaixador com os Borderlovers e pintores associados

 

viajar para portugal versao 01.05.2021 page 001

viajar para portugal versao 01.05.2021 page 002

Contactos

282, route de Longwy
L – 1940 Luxembourg

+352 46 61 90 – 1
luxemburgo@mne.pt (Embaixada)
pensoes.luxemburgo@mne.pt

Mais informação

Ligações úteis

botao guia portugueses seguranca social luxemburgo

 guia para portugueses luxemburgo 15 dez

guia fiscal para o luxemburgo

Logotipo Portal das Comunidades Portuguesas

logo

Logotipo Turismo de Portugal

Logotipo AICEP - Portugal Global

Logotipo Portugal Economy Probe

boto

logo conf oceanos

Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

Logotipo Instituto Diplomático

Logotipo Carreiras Internacionais