prog langue portugaise 2 pages doubles page 001

 

Programa

 

16:00 - 17:00

Communications

Teolinda Gersão – Écrivaine / Professeure de Littérature Allemande et de Littérature Comparée (Université Nouvelle de Lisbonne)

Vera Duarte – Écrivaine / Juriste

 

17:00 - 17:30

Échange entre les intervenantes et le public via Webex et Hybride.

 

17:30

Pause

 

18:00 - 19:30

Ouverture de l’exposition “Mundos da Lusofonia”, en présence des artistes : Nathalie Afonso, Pedro Amaral et Sidney Castro Fernandes.

 

L’accès est limité à 10 personnes toutes les demi-heures.Veuillez vous inscrire préalablement aux horaires suivants : 18:00 ; 18:30 et 19:00.

 

 

Mundos da Lusofonia

Exposição de pintura

 

A proposta partiu do Embaixador de Portugal no Luxemburgo, António Gamito: apresentar uma exposição de pintura, na Universidade do Luxemburgo, no âmbito das celebrações do Dia Mundial da Língua Portuguesa (UNESCO), do dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP e da Presidência Portuguesa rotativa da União Europeia, em curso, como ilustração da contribuição do “ethos” universalista da lusofonia na construção de valores, também europeus.

A lusofonia, na sua diversidade, encontra unidade na Língua Portuguesa no seu ensino, na produção literária e pictórica e nos seus ícones. O conjunto das pinturas apresentadas traça uma viagem pela história das mulheres e homens que fazem da língua a sua matéria-prima. Dada a grande quantidade e importância de escritores da Língua Portuguesa, optou-se por produzir e apresentar obras referentes apenas a três homens ou mulheres, por cada país da CPLP. A escolha dos nomes não segue uma lógica de importância procurando apenas assinalar pessoas que revelaram grandes qualidades humanas no quadro da Lusofonia, refletindo assim uma escolha muito pessoal do coletivo. Pesaram, para a escolha, fatores como o gosto pessoal por determinadas obras, autores e iconografias e também um apreço e um interesse particular por figuras que uniram vida e trabalho, na luta e na busca de melhores condições de vida para as suas comunidades e para o Mundo. O Borderlovers é uma plataforma artística coletiva, que foi fundada em 2017, em França, por Pedro Amaral e Ivo Siqueira de Melo e que visa, neste momento de crise cultural e civilizacional, desenvolver uma prática criativa onde se insiram noções de esperança, de espiritualidade, superação e pacificação universal. O projeto assume-se como ecuménico e defensor dos valores de integração dos povos, culturas e religiões e dos valores da democracia e da igualdade social. Por outro lado, esta exposição apresenta uma nova formação do coletivo Borderlovers, que agora inclui também Nathalie Afonso e Sidney Serqueira. Partilhando a convicção de Adriano Moreira, de que a lusofonia “é uma janela de oportunidades e uma comunidade de afectos”, dedicamos esta exposição à memória de Rosa Lobato Faria e a Teresa Rita Lopes, bem como às comunidades lusófonas no Luxemburgo.

 

 

  • Partilhe