Mili Fernandes-Tasch, como aqui é conhecida, que se encontra neste país há mais de 50 anos, onde casou e, por essa via, obteve a dupla nacionalidade, foi ontem condecorada pela Ministra da Cultura, Sam Tanson.

Recebeu a Ordem da Coroa de Carvalho, grau de cavaleiro. Na altura, justificou-se a atribuição da condecoração pelo facto de ter sido uma pessoa que ao longo dos últimos 20 anos tinha contribuído para o desenvolvimento e a divulgação da cultura luxemburguesa, assim como do projeto europeu. Lembrou-se também que Mili tinha participado na criação do primeiro jornal e da primeira rádio em língua portuguesa. Assinalou-se ainda o seu trabalho enquanto administradora da Abadia de Neumunster, um dos mais relevantes polos culturais do país com quem a Embaixada colabora assiduamente.

Quer através das suas múltiplas atividades culturais, quer cívicas, exercidas publicamente por via da intervenção em múltiplas associações portuguesas ou de palestras em diversas entidades, nunca esqueceu as suas origens e sempre defendeu com coragem e racionalidade a Comunidade Portuguesa, de uma forma única e muito eficaz.

Registamos aqui uma frase que muito apreciamos:  “a paixão naquilo que fazemos é, não só o motor da vida, mas sobretudo a essência da nossa existência”

Parabéns, Mili!

mili

  • Partilhe